Ensine as crianças como pensar, não o que pensar

Nosso sistema de educação parece se empenhar mais em doutrinar nossos filhos do que em educá-los. Nossas mentes jovens estão sendo orientadas a aceitar a autoridade como verdade em vez de verdade como autoridade, e os professores falam para os alunos, em vez de com eles.

Os professores tornaram-se repetidores de informação, sob a alegação de preparar os alunos para o mercado de trabalho. Eles simplesmente regurgitam tudo o que uma vez aprenderam com seus próprios professores, e perpetuando a reciclagem de informações; informações que conseguiu fugir escrutínio para as gerações. As crianças já não são os mestres da sua própria aprendizagem, e em vez disso, suas mentes estão sendo tratados como recipientes de armazenamento.

O maior problema é que a informação se atualiza, já o ensino, nem tanto. Há descobertas recentes na arqueologia que poderiam revolucionar o entendimento da História da Civilização, mas são poucos os professores que podem adicionar conteúdo fora dos roteiros e fugir do padrão em suas aulas.

Nossos alunos são preparados para decorar “o que precisam saber” para trabalharem em empresas privadas. Muitos se esquecem de tudo o que “aprenderam” horas depois de suas avaliações, vão se tornar especialistas em uma área específica. Empresas, países e pessoas competem entre si para saber quem acumula mais recursos. Pouco se pensa no planeta, nas pessoas, animais, plantas e no gerenciamento de recursos como um todo.

A ciência depende de fundos de empresas privadas que focam seus interesses no lucro. Não há ceticismo quando se barra o desenvolvimento de hipóteses não lucrativas. Tudo é institucionalizado: as pesquisas, o ensino, a cultura, o bom senso.

Este modelo de fábrica da educação, com seu foco em elitismo acadêmico e econômico, está produzindo trabalhadores obedientes para o sistema, incentivados a obedecer a cada passo do caminho. Nós não estão sendo tratados como organismos criativos,  seres humanos de investigação, mas sim como peças na máquina. O sistema de ensino está filtrando a natureza inquisitiva do nosso ser, com o objetivo final de impedir a dissidência contra o sistema. O sistema não quer pensadores. Ele não quer que as pessoas a questionar seus métodos. Ele quer uma população que pode ser facilmente manipulada e controlada de modo a abrir mão de todo o seu poder intelectual.

heartland-carlin

Há aqueles que dizem que as habilidades de pensamento crítico não pode ser ensinado nas escolas. Sócrates provavelmente zombaria dessa noção, se ainda estivesse vivo hoje. Foi Sócrates quem disse: “Eu não posso ensinar nada a ninguém; Eu só posso fazê-los pensar. “

Se nós vamos resolver o problema da doutrinação em nosso sistema escolar, temos de aprender a começar a fazer perguntas em vez de dar respostas. Aprendizagem real é obtido através do processo de investigação. As crianças têm de ser incentivados a procurar as próprias respostas. Cabe aos professores para fornecer as ferramentas e recursos necessários para as crianças a realizar estes inquéritos e fazer descobertas significativas. Uma pergunta bem formulada vai fazer inspirar mais do que qualquer resposta. Em todas as facetas de nossas atividades educacionais, torna-se crucial começar um diálogo aberto com nossos alunos, incentivar o debate saudável e de tê-los formar suas próprias conclusões.

childddd

A importância da filosofia durante o ensino nas escolas não pode ser subestimada. Em um mundo onde a maioria da humanidade está correndo em esteiras com viseiras, é fundamental que nós re-avaliemos nossos próprios conceitos de vez em quando, e coloquemos as coisas em perspectiva.

A educação nos deve fazer pensar, questionar e contemplar. Sem essas habilidades, a humanidade continuará a funcionar no piloto automático, e nós vamos permitir que aqueles que detém o dinheiro continuem a conduzir o fluxo, e assegurem que as coisas continuem da forma que estão. Vão nos dominar, oprimir e escravizar de todas as formas possíveis.

Precisamos recuperar nossas próprias mentes.

Confira o artigo original que serviu de inspiração para este post aqui.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s